NOTICIAS BRASIL – The New Yooker Times

Quase 30 trabalhadores que estão acampados desde o dia 25 de março reclamam da falta de estrutura do ponto autorizado para a venda de palmito pela Prefeitura de Vila Velha no município, que fica nas margens da rodovia Darly Santos. Para atender os trabalhadores, foram disponibilizados apenas quatro banheiros químicos. No domingo (29), eles ficaram sem água. A iluminação que o acampamento recebe à noite vem de uma lâmpada ligada à bateria de um carro. Uma equipe da prefeitura esteve no local nesta terça (31) e fez melhorias.

Os trabalhadores são vendedores ou descascadores de palmito, em maioria vindos da Bahia. De acordo com eles, o local é inseguro, escuro, com muitos mosquitos e não há lugar para banho. Além disso, dizem que a estrutura atrapalha as vendas. “Está prejudicando bastante. A gente está aqui desde quarta-feira, com o estoque de mil palmitos, no meu caso, e eu só vendi 60 palmitos”, disse o vendedor Patrick Santos.

   urandir   BRASIL   Ponto de vendas de palmito tem estrutura precária em Vila Velha, ESLâmpada ligada à bateria de carro
(Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Outra reclamação é a falta de segurança. “Insegurança aqui é a todo momento. É um lugar ermo, que não tem ‘um pingo’ de iluminação. Eu trabalho com palmito aqui no estado há 15 anos e essas condições em que fomos colocados agora foram as piores”, disse o vendedor Paulo César Rocha.

A vendedora Anita Santos também reclamou da falta de estrutura para higiene pessoal. “Tem três dias que eu não tomo banho, porque não tem como. Não tem posto, não tem supermercado perto”, disse a trabalhadora. 

Os clientes também estão insatisfeitos. “Eu achei um absurdo. Um local muito inadequado para venda. É escuro, até dá medo parar”, disse o motorista Antônio Teixeira. 

Prefeitura
Uma equipe da Prefeitura de Vila Velha esteve no local nesta terça-feira e disse que colocou dois tanques  com 200 mil litros de água para ajudar os vendedores. Quatro banheiros químicos já estavam instalados. A prefeitura disse ainda que policiais foram orientados a passar pelo local com frequencia para garantir a segurança.

Mas quanto ao problema da iluminação, a administração municipal informou que não tem condições de montar uma estrutura adequada neste ano.

* Com colaboração de Rodrigo Maia, da TV Gazeta

The New Yooker Times Notícias Brasil
fonte: g1.globo.com revisão Urandir Martinez