Notícias Internacionais – The New Yooker Times


China agora impede entrada de estrangeiros e restringe voos   The New Yooker Times da33 china predios   urandir   MUNDO   China agora impede entrada de estrangeiros e restringe voos
A China não registrou nenhum novo caso de contágio por coronavírus de origem local nesta quinta-feira (26), mas as autoridades de saúde relataram outros 67 importados. Profissionais da saúde em Wuhan, na China, em 26 de março de 2020
Stringer/Via Reuters
A China deu ordem nesta quinta-feira (26) às empresas aéreas para que diminuam o número de voos que entram e saem do país por receio de uma segunda onda de infecção do coronavírus, importada.
O país também vai suspender temporariamente a entrada de estrangeiros, mesmo que eles tenham visto ou autorização de residência, a partir do dia 28 de março.
A agência de aviação civil do país disse que determinou às linhas aéreas chinesas que só haverá uma única rota para cada país e um limite de número de voos de um por semana a partir do dia 29 de março.
Covid-19: Espanha ultrapassa China em número de mortos
A medida foi tomada para conter a epidemia, e a agência disse que poderá ainda reduzir o número total de passageiros por voos.
Cerca de 80% dos voos internacional já tinham sido cancelados antes do anúncio, mas as empresas aéreas não tinham recebido a ordem até esta quinta-feira.
As ações, em conjunto com medidas de quarentena para pessoas que chegam ao país, têm como objetivo retardar a chegada de viajantes.
Pequim quer prevenir uma retomada da epidemia de Covid-19, que surgiu na província de Hubei, em 2019. Quase 3.300 chineses já morreram em decorrência da doença.
Pouca transmissão
A China não registrou nenhum novo caso de contágio por coronavírus de origem local nesta quinta-feira (26), mas as autoridades de saúde relataram outros 67 importados.
Também foram registradas mais seis mortes, cinco delas na cidade de Wuhan, foco da epidemia na China.
O país, onde a pandemia começou em dezembro, está atualmente focado em impedir que a Covid-19 retorne ao seu território vindo exterior. Portanto, qualquer pessoa que entre na China deve passar por uma quarentena de 14 dias, independentemente do país de origem. Em Pequim, o confinamento ocorre em locais específicos.
Initial plugin text

The New Yooker Times – Notícias Internacionais
fonte: g1.globo.com revisão Urandir Martinez