Notícias Internacionais – The New Yooker Times


Tóquio tem maior aumento diário de infecções do novo coronavírus   The New Yooker Times ac8e toquio   urandir   MUNDO   Tóquio tem maior aumento diário de infecções do novo coronavírus
Total de infecções na capital do Japão já passa de 1,3 mil, sendo que 144 casos foram registrados nesta quarta-feira (8). Homem de bicicleta passa por distrito comercial de Tóquio, no Japão, nesta quarta-feira (8)
Kazuhiro Nogi / AFP
Tóquio registrou 144 infecções de coronavírus nesta quarta-feira (8), seu maior aumento diário desde o início da pandemia, noticiou a emissora pública NHK, sem citar fontes, no primeiro dia do estado de emergência adotado para conter a pandemia no país.
O total de infecções na capital do Japão está em 1.339, disse a NHK, um aumento que elevaria a cifra nacional acima de 4.600, incluindo 98 mortes.
A quantidade de infecções ainda é muito menor do que em muitos países europeus e nos Estados Unidos, mas um aumento constante em algumas áreas levou o primeiro-ministro, Shinzo Abe, a declarar emergência em Tóquio, Osaka e cinco outros municípios duramente atingidos.
Um dia depois de ela ser anunciada, usuários do transporte interurbano a caminho do trabalho lotaram os trens de Tóquio, alguns expressando confusão a respeito da melhor maneira de restringir a circulação.
“É inevitável as pessoas saírem para trabalhar. Não sei se a declaração de emergência basta”, disse Risa Tanaka, funcionária de um escritório que usava máscara perto da estação de Shinjuku e que disse que normalmente tenta trabalhar em casa, mas saiu para entregar alguns documentos.
As cenas em Tóquio contrastaram com as medidas aplicadas na Europa, onde a polícia patrulha as ruas e em alguns países, como Reino Unido e França, usa drones.
Os franceses têm tido que assinar e portar um formulário oficial justificando sua presença fora de casa, e estão sujeitos a penalidades duras por violações.
Apesar de algumas acusações de policiamento excessivo, a aplicação tem sido essencialmente bem-sucedida, o que provoca o esvaziamento das ruas das cidades e a uma paralisação de grande parte das economias locais europeias – mas entre as infrações estão churrascos em parques.
Pessoas passam em frente de tela gigante com imagens do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, que nesta terça-feira (7) declarou estado de emergência para combater a expansão do novo coronavírus
Issei Kato/ Reuters
A emergência japonesa de um mês de duração dá mais poderes para os governadores regionais pressionarem os negócios a fecharem, mas agravará os problemas infligidos pelos transtornos na cadeia de suprimento e pelas restrições de viagem à terceira maior economia do mundo.
“Reduzimos o número de funcionários pela metade no escritório, mas ainda estamos fazendo rodízio para ir ao trabalho”, disse Chihiro Kakegawa, usuária do transporte interurbano e funcionária de uma instituição financeira perto da estação de Tóquio.
Initial plugin text

The New Yooker Times – Notícias Internacionais
fonte: g1.globo.com revisão Urandir Martinez